São Paulo

São Paulo está próximo de vender um de seus destaques da Copinha

0
Foto: reprodução

Após conquistar o quarto título da Copa São Paulo de Futebol Júnior, o São Paulo começa a analisar nomes que podem integrar o elenco principal da equipe. Além disso, negocia renovações e vendas dos jogadores da base. E um deles que está prestes a sair do clube é o zagueiro Tuta, que nos próximos dias deve se tornar atleta do Eintracht Frankfurt, da Alemanha.

O jogador deve desembarcar na Europa na próxima segunda-feira para assinar contrato de cinco anos com o seu novo time. O valor do negócio será de 1,8 milhão de euros (R$ 7,6 milhões) por 70% dos direitos econômicos – os outros 30% vai permanecer com o São Paulo.

Antes da Copinha, Tuta já havia treinado com o elenco profissional, mas estava atrás de outros dois jogadores da base na disputa por espaço: Walce, que está defendendo a seleção brasileira sub-20, e Rodrigo, que treina com o grupo principal. Walce e Rodrigo, aliás, formaram dupla de zaga com André Jardine na edição de 2018 da Copinha, com Tuta atuando de lateral-direito.

Outros destaques
O principal nome da conquista do título foi o ponta Antony, que já treinava com o elenco principal, mas foi rebaixado para o sub-20 justamente para jogar a Copinha. Agora, ele deve ganhar espaço entre os profissionais. Atualmente, o titular da ponta direita é Helinho, outra cria da base tricolor.

Já o artilheiro da competição com 10 gols, Gabriel Novaes, teve seu contrato renovado por mais cinco anos (antes seu vínculo tinha vencimento em novembro deste ano) e deve ser emprestado para um clube europeu por uma temporada e meia para ganhar experiência. O Barcelona B surgiu como uma das possibilidades e pode ser que o negócio avance nos próximos dias. Caso ocorra, o clube espanhol poderá comprar o jogador em definitivo ao final do empréstimo.

Outro zagueiro que se destacou foi o canhoto Morato. Ele tem apenas 17 anos e deve seguir na base para amadurecer. Pela sua idade, poderá disputar mais duas Copinhas.

No meio-campo, Diego e Rodrigo Nestor foram os que chamaram atenção. O primeiro, inclusive, começou na base como zagueiro para posteriormente ser alçado mais à frente, como volante de contenção com ótima saída de bola. Nestor atuou muito bem como segundo homem do meio-campo, com mais liberdade para chegar ao ataque. Ele é canhoto e tem muita inteligência para organizar o time.

O lateral-esquerdo Wellington e o goleiro Thiago Couto também merecem ser destacados na seleção dos que mais chamaram a atenção na campanha do título.

Inter confirma volta de Guerrero aos treinos para próxima semana

Previous article

Flamengo vence Boavista e garante classificação às semifinais da Taça Guanabara

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *